Sentimento inverso – Clarice Lispector

Sentimento Inverso – Clarice Lispector

Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
ainda te quero como sempre quis.
Tenho a certeza que
nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
não significas nada.
Não poderia dizer jamais que
alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais…

Agora, caro leitor, por favor, leia tal poema de baixo para cima!

About these ads

Sobre felmariano

Advogado, estudante para concursos, gremista, amante da língua portuguesa e da cultura espanhola e um eterno curioso!
Esse post foi publicado em Poetas. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Sentimento inverso – Clarice Lispector

  1. Ale disse:

    Adoooro esse texto! Muito interessante =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s